25/12/2017

Povo

Identidade

Os Pashtuns (também chamados Pushtun, Pakhtun, Pashtoon ou Pathan) são um povo que fala a língua Pashto e que vivem primariamente na região que reside entre o Hindu Kush no nordeste do Afeganistão e na parte norte do Rio Indo no Paquistão. Eles constituem a maioria da população do Afeganistão e já eram nomeados como afegãos antes mesmo que outros povos recebessem esta identidade na presente área do Afeganistão.

Quando se perguntaa um Pashtun quem é considerado Pashtun, ele responderá uma das seguintes opções:

  • Pashtuns são definidos por ter origens étnicas principalmente no leste do Irã, tendo em comum língua, cultura e história, e vivendo relativamente em proximidade geográfica uns com os outros. Isto define Pashtuns como qualquer indivíduo ou tribo que compartilhe dos traços étnico-linguísticos do povo.
  • A definição religiosa e cultural, porém, requer que Pashtuns sejam muçulmanos e que observem aos códigos Pashtunwali. Esta é a visão prevalecente entre os ortodoxos e conservadores, que se recusam a reconhecer qualquer Pashtun que não seja muçulmano. Intelectuais e acadêmicos Pashtun, entretanto, tendem a ser mais flexíveis e as vezes definem quem é Pashtun com base em outros critérios. Mesmo assim, a premissa “ser Pashtun é ser muçulmano” é prevalecente na comunidade Pashtun.

Língua

Pashtu é uma língua do Pashtun e uma das duas línguas oficiais do Afeganistão. É também a língua de doze milhões de Pashtuns no Paquistão. Pashtu pertence ao grupo linguístico norte-oriental dentro do ramo iraniano das línguas Indo-Européias. Pashtu utiliza o alfabeto persa.

Tribos que falam dialetos Pashtu que, apesar de diferentes, são mutualmente inteligíveis, se reconhecem etnicamente como Pashtuns e até apontam como adequados certos dialetos como Pukhto, falado pelos Yousafzais em Peshawar e o Pashto, falado pelos Durranis em Kandahar.

População

Havia aproximadamente 11 milhões de Pashtuns no Afeganistão e 25 milhões no Paquistão no começo do século 21. Estatísticas de 2009 estimaram que havia cerca de 49 milhões de Pashtuns no mundo. Estatísticas mais recentes, no entanto, indicam que o número cresceu para cerca de 52 milhões.